Novo valor do salário mínimo altera contribuição do MEI

Reajuste fixado pelo governo federal impacta diretamente os mais de 6 mil microempreendedores individuais de Barretos

Com a alteração do salário mínimo definida pelo governo federal para R$ 1.045,00 a partir de fevereiro, as contribuições mensais do MEI (Microempreendedor Individual) também sofreram reajustes. O MEI paga INSS de 5% sobre o salário-mínimo, acrescido de impostos como ICMS e/ou ISS, dependendo da atividade exercida. Em Barretos são atualmente 6.035 MEIs, 23,8% a mais que os 4.873 ao fim de janeiro de 2019. Desta forma, os valores ficaram definidos da seguinte forma: - Atividades de locação de bens próprios sem incidência de ISS e ICMS - R$ 52,25 - Atividades de comércio e indústria com incidência de ICMS - R$ 53.25 - Atividades de prestação de serviços, exceto locação de bens próprios, com incidência de ISS - R$ 57,25 - Atividades mistas de prestação de serviços e comércio/indústria com incidência de ISS e ICMS - R$ 58,25 - Atividades de prestação de serviços de transporte intermunicipal ou interestadual com incidência de ICMS – R$ 53, 25 - Atividades de prestação de serviços de transporte municipal, intermunicipal e interestadual com incidência de ISS e ICMS – R$ 58,25 O novo valor será cobrado no vencimento em 20 de março deste ano, referente ao mês de fevereiro. A contribuição do mês de janeiro, com vencimento em 20 de fevereiro, seguirá com base no valor calculado no salário mínimo definido anteriormente, de R$ 1.039,00.

Edição da Semana
Edição da Semana
Procurar por Tags
Nenhum tag.
Siga o Jornal A Cidade
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black

    Gostou da leitura? Então compartilhe

© 2023 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com