Prefeito pede apoio da população para atravessar fase laranja de flexibilização do comércio

July 3, 2020

 Durante entrevista coletiva transmitida ao vivo pelas redes sociais (facebook e instagram), na tarde da última segunda-feira, 29 de junho, o prefeito Guilherme Ávila anunciou o horário para o funcionamento do comércio e serviços para Barretos, estabelecidos no decreto 10.585, após o município ser enquadrado na fase Laranja pelo Comitê de Contenção ao Coronavírus do Estado de São Paulo. Os horários terão validade até o dia 14 de julho.
“Quero agradecer a justiça, na parte do Ministério Público com os promotores, com quem temos buscado este entendimento, num diálogo aberto com os médicos que estão no front, com o Alex na Secretaria de Saúde, com a regional de Saúde e a prefeitura. Acredito que nós vamos ter um caminhar mais tranquilo para os próximos 15 dias”, afirmou o prefeito Guilherme Ávila.
O prefeito voltou a pedir o apoio do cidadão barretense. “Só saiam de casa em extrema necessidade”.
Conforme o decreto, de um modo geral, o comércio começou a funcionar das 10 às 16 horas, horário reduzido para que não haja um grande fluxo. “É um horário meio termo, onde concentra agências bancárias e diversos serviços para que possa facilitar”, disse o prefeito.
A entrada no estabelecimento comercial deverá ser sempre com máscara, utilização de álcool em gel na entrada e na saída, e um cliente por atendente em casa estabelecimento. “Não pode entrar várias pessoas. Isto está muito bem determinado”, frisou o prefeito. Aos sábados, o funcionamento será até as 13 horas e fechado no domingo.
No Shopping o funcionamento será até as 19 horas, de segunda a sexta-feira e, no sábado, das 11 às 17 horas. Domingo o shopping também fica fechado.
Crianças até 12 anos incompletos tem proibida a entrada em qualquer tipo de comércio. Continuam proibidas festas particulares, casamentos, congêneres e parques aquáticos. Já os serviços essenciais seguem como disciplinados anteriormente.
Para profissionais liberais, todos de um modo geral, ficou estabelecido que estes podem fazer o seu atendimento, mas com horário marcado, não podendo haver pessoas aguardando na recepção.
“Isto é muito importante e vale também para clínicas de saúde, consultórios, clínicas de estética, pilates, personal trainner, salão de barbeiro e cabeleireiro. Nós estamos trabalhando para que todos possam ter o seu trabalho e o seu sustento preservado. É muito importante que todos ajudem e cumpram estas regras para que não haja um retrocesso”, enfatizou Guilherme Ávila.
Ao ser questionado pelas redes sociais, o prefeito respondeu que há uma ação da Defensoria Pública proibindo a atividade religiosa no sentido de cultos e missas. “A ação está em vigor e não podemos descumprir a decisão final. O que está liberado para as igrejas até avançar mais de fase são as reuniões individuais ou familiares”, pontuou o prefeito.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Edição da Semana
Edição da Semana
Procurar por Tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga o Jornal A Cidade
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black

    Gostou da leitura? Então compartilhe

© 2023 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com