70ª exposição individual de Renato Amisy vai reativar Espaço Matinas Suzuki


A Câmara vai reativar o Espaço Cultural “Dr. Matinas Suzuki” na próxima segunda-feira (06/jun), às 18h30, antes do início da Sessão Ordinária.

Criado por meio de decreto em 1989, pelos vereadores Sebastião Misiara e Fauze José Daher, o local era destinado à exposições permanentes de arte, em todos os segmentos, porém, foi pouco aproveitado nos últimos 30 anos.

Agora, a atual mesa diretora, com apoio de todos os vereadores, decidiu reativar o espaço e abri-lo para exposições de artes visuais (pintura, desenho, fotografia e outros).

O principal objetivo é valorizar o trabalho de artistas locais e reconhecer a importância da cultura para a comunidade, além de ser mais um atrativo para o público que comparece à Câmara durante as sessões ordinárias, audiências públicas e solenidades. A reativação do local terá custo zero para a Câmara.

DR. MATINAS SUZUKI

O nome do espaço é em homenagem ao Dr. Matinas Suzuki(1925/1999). Médico, escritor e político, foi vereador em três mandatos (1960-1973), presidente da Câmara Municipal no biênio 1970/71 e diretor clínico da Santa Casa de Barretos.

A historiadora Karla Armani complementa que Suzuki foi mantinha atuação constante em prol da Cultura e da arte. , autor do livro “Memórias de um vivente obscuro” (1997), membro fundador da Academia Barretense de Cultura (cadeira 16) e mantinha atuação constante em prol da Cultura e da arte.

70ª exposição individual de Renato Amisy vai inaugurar o espaço

Renato Amisy será o primeiro a reutilizar o espaço da Câmara. O artista barretense realizará a sua 70ª exposição individual no Brasil e na Europa. O número expressivo dá nome à exposição: 70ª Septuagésima.

Ao todo são seis quadros: “Bandeira do Brasil em relevo”, “Cristo”, “Natureza Morta”, “Mini Basílica de Barretos em relevo”, “Divino Espírito Santo” e “Justiça”

Cidadão Benemérito de Barretos, Renato Amisy tem 58 anos e se dedica às artes desde os 4 anos de idade. A primeira tela foi pintada oficialmente aos 16 anos.

Aos 33 anos, abandonou o trabalho numa agência bancária para se dedicar às artes. Daí em diante a carreira artística nacional e internacional decolou. Em 1999, foi um dos 12 pintores de todo o país premiados no Concurso “500 anos de Arte & Design”. Em 2000, representou o Brasil em Portugal nas comemorações dos “500 anos do Descobrimento”. Em 2001, foi escolhido para criar o logotipo oficial da “Foire de Caen”, na França, uma das mais importantes feiras de arte da Europa.

O currículo internacional de Renato Amisy é extenso. O barretense tem várias exposições em cidades européias, como Paris, Lyon, Viena, Chantilly, Trouville Sur Mer e Marseille. As obras de Amisy também estão espalhadas pelos cinco continentes e decoram casas de ex-presidentes, autoridades francesas, além de celebridades da música e do cinema.

Em Barretos, Renato Amisy é proprietário da galeria de arte Atelier Maison D’Amisy. Na área social, organiza exposições para vender quadros, doando o dinheiro arrecadado para entidades e hospitais.

Edição da Semana
Edição da Semana
Procurar por Tags
Nenhum tag.
Siga o Jornal A Cidade
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black