TJD pune o Barretos EC com suspensão de 120 dias e multa de R$ 25 mil

Diretoria vai recorrer e acredita haver tempo hábil para a equipe disputar a Série A3 de 2021


Em julgamento ocorrido na última terça-feira (25), no Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol, o Barretos EC, o Touro do Vale, foi punido com suspensão de 120 dias e multa de R$ 25 mil. A punição é em virtude de o tribunal ter julgado procedente a denúncia de manipulação de resultado na partida entre Barretos EC 0 x 4 Linense.

Segundo o presidente do BEC, Júlio Samara (foto), a suspensão é retroativa à data da suspensão no dia 7 de outubro, que ocorreu no término da primeira fase. Samara acredita que haverá tempo hábil para a equipe disputar a Série A3.

“Vamos recorrer para diminuir essas punições que não praticamos”, afirmou Samara. O BEC foi representado por dois advogados, além do presidente e do vice, Gerson Luiz Alves de Lima.

JOGADORES

Também foram julgados e punidos jogadores e um integrante da comissão técnica, Maiken Dilso Kehrwald, preparador de goleiros.

O goleiro Pedro Ernesto Alves foi multado em R$ 2.500 e suspensão por 180 dias por atuar, deliberadamente, de modo prejudicial à equipe que defendia.

O preparador de goleiros foi multado em R$ 10 mil e suspensão por 24 partidas por infringir por atuar de forma contrária à ética desportiva, com o fim de influenciar o resultado de partida, prova ou equivalente.

Outros quatro atletas que, na época, defendiam o BEC, foram punidos: os zagueiros Roberth Melonio da Silva e Edson Rocha, além dos meias Deriky William Santos da Silva e Fabrício Pereira de Oliveira.

Os quatro foram multados em R$ 5 mil e suspensão por 360 dias, cada um, por atuarem, deliberadamente, de modo prejudicial, à equipe que defendiam.

Edição da Semana
Edição da Semana
Procurar por Tags
Nenhum tag.
Siga o Jornal A Cidade
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black