Volta às aulas na rede municipal será no próximo dia 22


A prefeitura de Barretos, por meio da Secretaria Municipal da Educação, divulgou o cronograma de volta às aulas para o ano letivo de 2021 na Rede Municipal de Ensino.

O calendário oficial foi apresentado em uma live e coletiva de imprensa, pela prefeita Paula Lemos e pela secretária municipal da Educação, Jessica Maria Santos.

O retorno das atividades escolares acontecerá a partir de 22 de fevereiro, de forma gradual e escalonada dos alunos estudantes da Educação Infantil (4 a 5 anos) e Ensino Fundamental I e II.

De acordo com a secretária, Jéssica Santos, esse retorno foi organizado de uma forma que visa à garantia da presença efetiva e segura dos estudantes.

“O retorno presencial é facultativo aos pais, nos termos do Plano São Paulo, mas destacamos que é de extrema importância a presença da criança para a realização das avaliações diagnósticas; uma vez que elas são essenciais para a construção da proposta de recuperação da aprendizagem” salientou a secretária.

EDUCAÇÃO INFANTIL

Será iniciado pela recreação e pré-escola de forma gradativa, alcançando progressivamente todas as etapas (berçário e maternal), conforme planejamento prévio, realizado pela unidade escolar. Na Educação Infantil sugere-se a divisão de três turmas respeitando a proporção indicada em cada fase do Plano São Paulo.

Cada turma de alunos participará das aulas presenciais em formato de rodízio de dias, observado com cuidado o atendimento dos alunos com vulnerabilidade social, de acordo com o contexto e a realidade de cada unidade escolar.

ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL (1º AO 5º ANO)

Nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º anos) sugere-se a divisão de três turmas respeitando a proporção indicada em cada fase do Plano São Paulo. Cada turma de alunos participará das aulas presenciais em formato de rodízio de dias. Deverá ser observado com atenção o atendimento dos alunos que tiveram participação insatisfatória no ano letivo anterior e dificuldades de aprendizagens, observadas por meio de avaliações diagnósticas, respeitando o contexto e a realidade de cada unidade escolar. O rodízio com três (3) turmas garante que qualquer aluno possa retornar a aula presencial em qualquer momento mesmo que a família tenha assinado pelo não desejo do retorno presencial; bem como, oportuniza que cada estudante possa ter a cada três semanas aulas de todos os componentes curriculares do currículo.

MODALIDADE DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

A EJA (Educação de Jovens e Adultos) seguirá o enturmamento e a organização do Ensino Fundamental, com a divisão e rodízio de três turmas respeitando a proporção indicada em cada fase do Plano São Paulo. Entretanto, a presença dos alunos na escola será analisada pelo Comitê Operacional para Enfrentamento ao COVID-19 da unidade, considerando a especificidade do público atendido nesta modalidade. Reitera-se que deverá ser observado com atenção o atendimento dos alunos que tiveram participação insatisfatória no ano letivo anterior e dificuldades de aprendizagens, observadas por meio de avaliações diagnósticas, respeitando o contexto e a realidade de cada unidade escolar.

EDUCAÇÃO ESPECIAL

A organização e o atendimento na Educação Especial será planejada pelo professor responsável pelo AEE (Atendimento Educacional Especializado) respeitando os protocolos sanitários específicos para o setor da educação, bem como as especificidades do público alvo. A organização do atendimento será prioritariamente individual ou em dupla, sempre no contraturno do ensino regular. O planejamento do atendimento nesta modalidade deverá ser aprovado pelo COE da unidade

Edição da Semana
Edição da Semana
Procurar por Tags
Nenhum tag.
Siga o Jornal A Cidade
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black