Defesa Civil alerta sobre baixa umidade do ar e pede para evitar queimadas


A baixa umidade relativa do ar na região de Barretos preocupa e, por isso, a Secretaria Municipal de Defesa Civil alerta a população. O índice medido na última semana foi de 32,3% e o índice adequado tem que ser, pelo menos, acima de 50% até 80%. “Deve-se ingerir bastante líquido e evitar aparelhos como ar condicionado. O melhor é o umidificador”, observa o técnico da secretaria, Euzébio Anibal Júnior, Zebinho. Outra preocupação é quanto às queimadas, principalmente neste período de seca, quando o risco aumenta. A Defesa Civil alerta que é crime e quem provocar queimada está sujeito a multas que variam de R$ 540,00 a R$ 2.800,00. “Não pode por fogo em quintal, em frente em casa e pastagens, e deve-se evitar toco de cigarro no chão, pois pode ser o começo de uma queimada”, observa o secretário municipal de Defesa Civil, Manoel Messias Santos Neto. A fiscalização é feita pela Secretaria de Agricultura Meio Ambiente. AÇÕES Manoel Messias revelou que a Defesa Civil vem atuando em várias frentes e orientando a população. Entre as ações, uma das mais relevantes foi acionar o Ministério Público, Defensoria e OAB, sobre o risco crescente no trecho da rua 24 entre as avenidas 11 e 13, onde as obras da Fundo de Vale estavam paralisadas devido ação judicial. “Havia risco de um dano muito grande ali, mas a questão foi resolvida, a ponte reconstruída sobre o Córrego do Aleixo e o tráfego liberado”, destacou. O combate a incêndio em vários pontos da cidade e zona rural, interdição de imóveis condenados, ações envolvendo queda de árvores, com intervenções e desobstrução realizadas pelos bombeiros municipais, que fazem parte da Defesa Civil, estão entre os serviços realizados. Outro fato que chamou a atenção foi uma simulação de vazamento de gás amônia, nas proximidades da Santa Casa, que contou com a participação do SAMU, Bombeiros Militares, Santa Casa, Secretaria de Ordem Pública e alunos da Faculdade de Medicina. “A simulação foi muito importante para dimensionarmos que o fazer numa ocorrência deste tipo”, afirmou Manoel Messias. O secretário destacou, também, a participação em seminários, na simulação de segurança realizada pelo Tiro de Guerra na sede da prefeitura e o trabalho da Defesa Civil na vinda da Esquadrilha da Fumaça que fez uma apresentação no Aeroporto Chafei Amsei, levando milhares de pessoas ao aeroporto e adjacências, espetáculo que agradou muito o publico presente.

Edição da Semana
Edição da Semana
Procurar por Tags
Nenhum tag.
Siga o Jornal A Cidade
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black

    Gostou da leitura? Então compartilhe

© 2023 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com